segunda-feira, 2 de abril de 2012

Fallen e Tormenta


A princípio eu iria falar dos livros separadamente, mas para isso teria que ler o primeiro novamente. Aproveitei que acabei de ler o segundo e decidir comentar os dois de uma única só vez.
A série Fallen é composta por quatros (na verdade 5. Fallen in Love é meio que opcional, pelo que entendi e ainda vai ser lançado aqui no Brasil) livros: Fallen, Tormenta, Paixão e Rapture (sem data prevista para lançar por aqui).

Após a morte de Trevor, o namorado de Luncida Price (ou apenas Luce, seu apelido), em um incêndio a jovem é encaminhada para um reformatório chamado Sword & Cross é onde ela conhece Daniel Grigori, um garoto meio enigmático que chama atenção de Luce.

As capas dos livros são lindas e todo mundo já sabe, em relação à história do primeiro livro... Bom, não é ruim e sim bom. É praticamente o tipo de coisa que gosto de ler (não sendo um romance estilo mel, para mim está tudo bem).
Achei um pouco parada e toda aquela história de esconder o passado de Luce e blábláblá chega a ser um pouco chatinha, mas no fundo até que foi legal. Sim, Luce tem um passado que Daniel sabe, mas não quer conta e para não contar tudo, só lendo o livro para entender melhor.
Os outros personagens são bem legais, principalmente Ariane com aquele jeito maluquinha de ser e que da vontade rir algumas vezes. Essa acabou sendo um das personagens que mais gostei nos livros.
O segundo livro, Tormenta, é mais divertido. Apesar de ter todo aquele blábláblá o que torna a história mais interessante (cuidado, spoiler a caminho) é que para segurança de Luce, ela muda de escola e Daniel já não fica o tempo todo por perto. É claro que ele acaba aparecendo algumas vezes.
Com Daniel longe isso acaba dando espaço para que Luce descubra um pouco mais do seu passado, com a ajuda de dois novos amigos Milles e Shelby. Também com toda essa ausência de Daniel, Luce acaba... Melhor parar por aqui.
Eu gostei bastante da Shelby pelo fato de ela lembrar um pouco a Ariane e Molly. O que não seria nada mal uma terceira personagem baseada nas duas.
Mas quem me cativou mais foram os novos professores de Luce, Francesca e Steven. Talvez Francesca nem tanto, quanto Steven. Aquele jeito de ser e mesmo sabendo o que ele é (ou de que lado estar, para ser mais exata), foi o que mais me conquistou até o momento.
E por fim...
O que me fez começar a ler a série Fallen foi pelo tema sobrenatural, que está bem comum hoje em dia e também pelo assunto abordado que me deixa mais interessada ainda.
Lauren Kate, a autora dos livros, cresceu em Dallas, estudou em Atlanta e começou a carreira de escritora em Nova York. Ela descreve bem os detalhes das cenas, sem falar que sempre da um gostinho de ler ainda mais.
E vocês? Já leram o livro? Gostaram?




.

Um comentário:

  1. Eu já li Fallen e confesso que não gostei muito, achei ele muito parecido com outros romances sobrenaturais que já li. Porém, eu tenho vontade de ler Tormenta, pelo visto, a história melhora!

    ResponderExcluir